Data: 03/08/2021 19:06 / Autor: Kreitlon Pereira / Fonte: Via Streaming

Via Streaming – “Cruel Summer” - Quase verdades

Versões da mesma história são postas à prova em nova série da Amazon Prime Video


A vida em sociedade faz com que as pessoas dependam uma das outras para não só realizar suas tarefas, mas também serem validadas por elas. Isso cria uma ânsia por aceitação que fica muito clara especialmente durante o período da adolescência, em que muitos buscam desesperadamente pela popularidade e suprimem suas próprias personalidades para se encaixar no grupo. E é nesse contexto que se passa “Cruel Summer”, uma nova produção da Amazon Prime Video que estreia na plataforma dia 6 de agosto. 

A trama se desenvolve ao longo do dia 21 de junho em três anos diferentes, 1993,1994 e 1995. Em cada episódio, um personagem conta seu lado da história. No primeiro, em 1993, o telespectador é introduzido a Jeanette Turner (Chiara Aurelia), uma adolescente de 15 anos que mora no interior do Texas e possui uma vida social discreta, que se resume aos dois melhores amigos de infância. No entanto, ela sempre desejou ser como Kate Wallis (Olivia Holt), a garota mais popular da cidade. Passado um ano, em 1994, descobre-se que Kate desapareceu e Jeanette aparece como uma aparência completamente diferente; ela ingressa no antigo grupo de Kate e parece assumir a posição deixada por ela.

Porém, em 1995 a situação muda da água para o vinho e Jeanette se torna a garota mais odiada da cidade após Kate ser resgatada e declarar publicamente que Jeanette sempre soube seu paradeiro, mas nunca comentou nada pois queria “roubar” sua vida. Rapidamente a situação escala, Jeanette passa a receber ameaças de morte diariamente, o prefeito de sua cidade a chama de “desgraça” durante uma entrevista e até é tida como adoradora do demônio por um jornal conservador. Assim, a jovem decide processar Kate por calúnia e difamação. Mas, para tal, precisará convencer um grupo de jurados de que sua narrativa é a verdadeira.

Crédito: Divulgação

Comente aqui