Data: 23/10/2021 14:30 / Autor: Redação ABCdoABC / Fonte: Estadão Conteúdo

Pacheco só não será candidato do PSD a presidente se não quiser, diz Kassab

Presidente do Senado, que ainda não discursou, desfiliou-se do DEM e na próxima quarta-feira passará a integrar oficialmente o PSD


Crédito: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Participando de seu primeiro evento do PSD após anunciar sua filiação ao partido, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, está sendo aclamado pelas principais lideranças do partido como candidato a presidente da República, na manhã deste sábado, 23, no Rio de Janeiro.

"Ele só não será o candidato do PSD se não quiser", anunciou Gilberto Kassab, fundador e presidente do PSD. Eles participam de um encontro regional do partido no Rio de Janeiro, o primeiro depois que o prefeito do Rio, Eduardo Paes, assumiu a presidência estadual do PSD.

Pacheco, que ainda não discursou, desfiliou-se do DEM e na próxima quarta-feira passará a integrar oficialmente o PSD.

No início do evento, Paes anunciou Pacheco como "próximo presidente da República" e o advogado Felipe Santa Cruz, presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), como "próximo governador do estado do Rio". O evento ocorre em um hotel da Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio.

Comente aqui