Data: 08/12/2021 17:29 / Autor: Vivian Rossi / Fonte: PMSBC

São Bernardo dá início ao Vacina Móvel para imunização itinerante contra a Covid-19

Serviço oferta vacinação na porta de casa dos moradores de bairros afastados do Centro, a partir desta quarta-feira (8/12)


Novo serviço terá a importante tarefa de alcançar as pessoas que vivem mais distantes ou tem mobilidade reduzida.
Novo serviço terá a importante tarefa de alcançar as pessoas que vivem mais distantes ou tem mobilidade reduzida.

Crédito: Gabriel Inamine/PMSBC

A população de São Bernardo conta com um novo aliado para o combate ao Coronavírus. A partir desta quarta-feira (8/12), a Prefeitura disponibiliza o Vacina Móvel contra a Covid-19 para percorrer os bairros mais afastados do centro da cidade em busca de moradores que ainda não iniciaram seu esquema vacinal ou que precisam tomar a 2ª ou 3ª dose, mas têm dificuldade de chegar até uma Unidade Básica de Saúde (UBS) para receber a imunização. 

De acordo com o prefeito Orlando Morando, o novo serviço terá a importante tarefa de alcançar as pessoas que vivem mais distantes ou tem mobilidade reduzida. “O Vacina Móvel vai chegar na porta da casa de todos os que ainda não se vacinaram porque moram em sítios, chácaras, para os que tem dificuldade de acesso à informação, pela falta da internet, ou não chegam até a UBS por problemas com locomoção”, explicou. 

DOSES ATRASADAS – A nova medida será eficaz para aumentar a cobertura vacinal do município. Os primeiros bairros a receberem a visita do equipamento serão Alvarenga e Riacho Grande, das 13h às 21h. Os demais bairros também serão contemplados à medida em que a varredura completa destas regiões for realizada. “As primeiras localidades escolhidas possuem, principalmente, os casos de segunda e terceira doses atrasadas, pela dificuldade de acesso à rede de Saúde”, complementou o secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple Sobrinho. Para receber as doses é preciso apresentar documento de identidade e o comprovante de vacinação. 

REDUÇÃO DO INTERVALOS – Desde o início de dezembro, a Prefeitura reduziu de cinco para quatro meses o intervalo entre a segunda e a terceira dose contra a Covid-19 para a população.  O município trabalha com intervalo de 21 dias para a aplicação da segunda dose de Pfizer. O prazo mínimo de aplicação entre a primeira e segunda dose da vacina da Astrazeneca é de 56 dias (oito semanas) e, no caso da Coronavac, o intervalo mínimo é de 14 dias.

VACINAÇÃO NAS 33 UBSs – A aplicação da vacina da covid-19 está mantida nas 33 Unidades Básicas de Saúde (UBS), das 8h às 17h, sendo que em 20 delas o procedimento também pode ser agendado para ocorrer no período noturno (das 17h às 21h). Todas as pessoas que precisam tomar a vacina devem realizar agendamento pelo site (www.saobernardo.sp.gov.br/web/coronavirus) ou por meio do app São Bernardo na Palma da Mão.

Comente aqui